Mata rival que viu a ter sexo com a ex-namorada numa foto enviada por ela

Mulher admite ter enviado imagem que motivou o homicídio durante o julgamento de crime passional.
14.09.18
David Saunders, de 33 anos, foi condenando em Inglaterra pela morte de Michael Lawson, de 34. O motivo para o homicídio será o facto de Michael namorar com a ex-de Saunders, Sarah Bramley de 29 anos. Mas há um ingrediente fora do comum que torna o caso especial.

O jornal Telegraph conta que Sarah Bramley admitiu esta sexta-feira, num segundo julgamento relacionado com o caso, que enviou a David uma foto em que aparece a ter sexo com Michael. A imagem deixou David louco de ciúmes e levou-o a assassinar o rival. Sarah deu-se como inocente de ter encorajado o crime - no caso que a leva agora a julgamento - mas confirmou o envio da foto que despoletou o homicídio.
O tribunal deu como provado que Sarah sabia que David poderia reagir de forma violenta, o que veio a acontecer. Durante o julgamento, os juízes aperceberam-se de que a mulher chegou mesmo a dizer ao homicida que estava "à vontade" para atacar o rival.

David esfaqueou Michael no coração em julho do ano passado, pouco depois de ter recebido a imagem sexualmente explícita. 


A sentença do caso de Sarah está prevista para o próximo mês de outubro.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!