Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Mata seis pessoas por ciúmes durante a Passagem de Ano

Homicídio aconteceu na Bulgária. Autor do crime está a monte e é considerado "armado e perigoso".
5 de Janeiro de 2018 às 17:39
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
Polícia na Bulgária
As autoridades búlgaras estão, desde 2 de janeiro, à procura de Rossen Anguelov, de 56 anos, que terá matado seis pessoas na passagem de ano. 

A operação, que esta sexta-feira foi reforçada, está a ser supervisionada pelo primeiro-ministro Boiko Borissov. 

Segundo avançam as autoridades em comunicado, Rossen é considerado "armado e muito perigoso". Poderá estar escondido nas montanhas perto da capital búlgara, uma vez que o homem é conhecido como "homem das florestas" e consegue sobreviver e esconder-se em espaços montanhosos. 

Anguelov foi indiciado por homicídio premeditado, mas já tinha sido condenado por roubos, violação e corrupção de menores. Na noite da passagem de ano, matou uma antiga amante e mais cinco pessoas em Novi ISkar, perto de Sófia.

Tudo indica que tenha cometido o crime movido por ciúmes. 

Os corpos das vítimas foram encontrados dia 2 de janeiro, o que permitiu que o homem conseguisse escapar às autoridades.
Bulgária Rossen Anguelov Boiko Borissov Novi Sófia ISkar crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)