Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Mata casal e cozinha cabeças

Canibal descoberto depois de entupir canos com os corpos.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 22 de Julho de 2016 às 12:29
Homem cozinhou cabeças do casal no fogão de casa
Homem cozinhou cabeças do casal no fogão de casa FOTO: Getty Images

Um homem russo, de 64 anos, foi detido pela polícia depois de ter morto um casal, mutilado os corpos e ter cozinhado as cabeças no fogão de casa. O macabro caso foi descoberto depois do criminosos ter entupidos os canos do prédio onde vivia, em São Petersburgo, com partes dos cadáveres, que tentou deitar pela sanita.

A polícia suspeita que o homem seja canibal. Durante o interrogatório, o suspeito explicou que desmembrou os corpos com uma serra e que foi inspirado por filmes de terror.

O casal morto partilhava o apartamento com o criminoso. Este disse à polícia que cometeu o crime por o homem e a mulher serem alcoólicos e por "estar farto das festas constantes" que faziam.

O homicida não tinha registo criminal. A polícia russa investiga agora se o homem comeu de facto as cabeças do casal que assassinou e se já tinha praticado um crime semelhante.

São Petersburgo crime lei e justiça crime homicídio canibalismo
Ver comentários