Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Médica que alertou para nova variante Omicron da Covid-19 na África do Sul fala em "pânico desnecessário"

Dra. Angelique Coetzee afirma que os sintomas da nova variante são incomuns mas "leves".
Correio da Manhã 28 de Novembro de 2021 às 13:31
A carregar o vídeo ...
Médica que alertou para nova variante Omicron da Covid-19 na África do Sul fala em "pânico desnecessário"
Os últimos dias foram marcados pelo surgimento de uma nova variante da covid-19 - a Omicron - que tem provocado grande preocupação ao nível mundial.

Se a maioria da informações aponta para uma estirpe mais contagiosa, a presidente da Associação Médica Sul-Africana veio já classificar as atuais notícias como um "pânico desnecessário".

Em declarações ao jornal The Telegraph, Dra. Angelique Coetzee revelou que os sintomas da nova variante são incomuns mas "leves".

"O que estamos a observar na África do Sul e, lembrem-se, estou no epicentro [da nova estirpe], é muito fraco. Para nós são casos leves", revelou a profissional à BBC, afirmando que há atualmente um "pânico desnecessário".

De acordo com o jornal, a médica contactou o comité consultivo das vacinas de África Sul após ter identificado quatro casos positivos da doença. Nos restantes doentes infetados até ao momento com a nova variante, cerca de metade não estava vacinado.

São já vários os países europeus que identificaram casos da Omicron, como é o caso da Bélgica, da Alemanha, do Reino Unido, da Itália e dos Países Baixos. Fora da Europa foram já confirmados, pelo menos, dois casos na Austrália e na Ásia, num total de, pelo menos, 10 países com casos confirmados.
África do Sul Omicron Covid-19 questões sociais saúde doenças variante áfrica do sul médicos especialistas
Ver comentários