Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Membro dos Backstreet Boys acusado de violar menor com paralisia cerebral

Vítima revela ter contraido doença sexualmente transmissível, depois da alegada violação.
Correio da Manhã 9 de Dezembro de 2022 às 15:05
Vidas
Nick Carter, dos Backstreet Boys
Nick Carter, dos Backstreet Boys FOTO: Getty Images

O cantor da banda norte-americana Backstreet Boys, Nick Carter, está a ser acusado de ter violado uma jovem que sofre de autismo e paralisia cerebral. O crime aconteceu em 2001 quando a vítima tinha 17 anos.

A jovem, Shannon Ruth, revelou que Nick Carter lhe pediu para entrar no autocarro da banda, depois de um concerto em Washington, nos EUA, e que foi nesse momento que sofreu a agressão sexual, refere o site de notícias norte-americano TMZ, que teve acesso a documentos legais sobre o caso.

Nos documentos é referido que Carter ofereceu uma bebida, que afirmou ser sumo, a Shanoon Ruth, que sofre de autismo e paralisia cerebral, mas a vítima agora acredita que se tratava de uma mistura com álcool.

Carter levou a jovem para a casa de banho do autocarro, onde pediu que lhe fizesse sexo oral, a vítima afirma que estava a chorar enquanto sucumbiu ao pedido, mas que o cantor continuou a dar-lhe instruções do que fazer, segundo o relato de Shannon. De seguida, levou-a para uma cama, onde, de acordo com a vítima, continuou a "agredi-la sexualmente".

Shannon Ruth afirma ter dito ao membro dos Backstreet Boys que iria denunciá-lo, ao que Carter alegadamente respondeu: "Se fizeres isso, vou virar todas as pessoas contra ti. Ninguém vai acreditar em ti".

Os documentos a que a TMZ teve acesso indicam também que Shannon diz ter contraido HPV - Vírus do papiloma humano, uma doença sexualmente transmissível, depois da alegada violação.

Fontes próximas de Carter dizem que a acusação "é totalmente falsa" e que o cantor está concentrado "na sua família e a chorar a morte do irmão".

O advogado do cantor, Michael Holtz, também já desmentiu as acusações e afirmou que "a alegação sobre uma situação, que supostamente, ocorreu há mais de 20 anos, não só não tem mérito legal, como também é totalmente falsa".

Nick Carter também foi acusado de violação o ano passado, mas nunca chegou a ser julgado.


Backstreet Boys Nick Carter Shannon Ruth TMZ crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários
C-Studio