Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Membro dos Pussy Riot vítima de possível envenenamento saiu do hospital

Peter Verzilov esteve 10 dias internado em estado grave.
Lusa 26 de Setembro de 2018 às 19:44
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov
Peter Verzilov

Peter Verzilov, ativista russo da banda contestatária Pussy Riot, vítima de um possível envenenamento que atribui aos serviços secretos russos, saiu esta quarta-feira do hospital de Berlim onde foi internado há dez dias em estado grave.

Inicialmente hospitalizado em Moscovo, o ativista de 30 anos foi transferido por uma organização não-governamental para Berlim, devido às suspeitas da sua família, de que teria sido envenenado pelas autoridades russas.

O elemento dos Pussy Riot teve alta porque "o seu estado de saúde melhorou consideravelmente", anunciou esta quarta-feira o hospital berlinense onde foi tratado.


Peter Verzilov Moscovo Pussy Riot Berlim política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)