Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Menina de cinco anos denuncia violação por desenho na escola

Uma menina de cinco anos usou um desenho para revelar na escola ter sido violada sexualmente por um adulto amigo da família na cidade de Ilhéus, no sul do estado brasileiro da Bahia.
27 de Maio de 2013 às 20:06

A criança foi estimulada pela professora, Adilma Ramos, a fazer um desenho sobre o que a incomodava, depois de a docente estranhar a mudança de comportamento da aluna.

Na folha de papel dada pela professora, a menina desenhou um órgão sexual masculino e revelou que era “aquilo” que a perturbava, avançando com a sua identidade à docente.

Depois, a pouco e pouco, sempre desenhando e conversando com a professora, a aluna narrou como tinha sido violada na casa do acusado, já preso.

“Ela estava muito fechada no eu dela. Mas eu fui perguntando o que era aquilo que ela estava a desenhar e ela foi dizendo isso aqui é aquilo dele, ele fez deste jeito", conta Adilma, descrevendo como confirmou a suspeita de que a criança tinha sofrido algum trauma, acrescentando: “Depois vimos que as partes íntimas da menina estavam mesmo com lesões.”

Após a confirmação dos ferimentos na criança, que se queixava de que o local doía muito, a professora procurou uma tia da aluna, que afirmou também já estar desconfiada de que algo tinha acontecido, e as duas foram à polícia.

O suspeito foi preso em casa, onde a vítima diz que era abusada e onde se suspeita que possa ter violado igualmente os irmãos dela.

O homem é amigo da família e era o responsável por levar a menina, uma irmã dela, de sete anos, e o irmão, de oito, todos os dias às sete da manhã para a escola, indo buscá-los no final da tarde. Levava as crianças para casa dele por volta das 17h00 e só por volta das 20h00 as entregava à mãe delas, como combinado.

A mãe da vítima, ao saber da denúncia, afirmou-se surpresa, alegou nunca ter desconfiado de nada e garantiu que tinha total confiança no acusado. Ela pode ser responsabilizada por omissão e abandono ou até cumplicidade com o acusado, que foi incriminado e enviado para a cadeia Ariston Barros, também em Ilhéus.

brasil denúncia ariston barros violação abuso sexual menores
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)