Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Menina percebe que está no corpo errado aos 3 anos e começa mudança de sexo aos 12

Ashley Lammin, de Kent, Inglaterra, é uma jovem transexual que mudou de nome aos 8 anos.
10 de Dezembro de 2019 às 15:27
FOTO: Facebook

Ashley, de 13 anos, é uma das crianças transexuais mais jovens na Inglaterra a começar a fazer a mudança de sexo. A menina nasceu como Ashton mas apenas com três anos percebeu que estava no corpo errado.

"Apesar de ter nascido rapaz, desde que começou a falar a Ash insistiu que era uma rapariga", disse Terri Lammin, mãe de Ashley.

Ash, desde pequena, era como todas as outras meninas da mesma idade: queria usar um vestido de princesa e era obcecada por cor de rosa. A jovem mudou de nome quando tinha 8 anos e sente que está no caminho certo mas admite que é difícil crescer como uma rapariga transexual.

De acordo com a mãe, Ashley é o exemplo perfeito do que é crescer no corpo errado. Agora, com 13 anos, a jovem atravessa um longo caminho na transição de sexo e vai começar a tomar hormonas para interromper o início da puberdade.

Terri foi acusada de ter tomado uma decisão drástica em nome da filha. Mas a mulher afirma que Ash só vai utilizar os bloqueadores até aos 18 anos e nessa altura será a própria a decidir se quer continuar com a cirurgia de resignação sexual.

A mãe conta ainda que, com três anos, a filha lhe disse: "sou rapaz porque me deste nome de rapaz. A culpa é tua".

Aos 11 anos, a jovem entrou para o ensino médio e começou a ser alvo de bullying, onde lhe atiravam coisas no autocarro e lhe chamavam travesti. Hoje em dia, Ashley tem aulas em casa.

A jovem sofre de ansiedade e a mãe contou que às vezes tem comentários suicidas. "Há dias em que diz «tenho muito orgulho em mim» mas noutros sente-se horrível.", disse a mãe.   

questões sociais jovens Inglaterra Ashley transexualidade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)