Menino com cancro terminal resiste até conhecer irmã recém-nascida

Bailey Cooper morreu depois de abraçar Millie pela primeira vez e fez pedido aos pais.
09.01.19
Bailey Cooper, um menino britânico de nove anos com cancro terminal, lutou contra a doença para poder conhecer a irmã que viria a nascer em novembro. 

O menino fez tudo o que um irmão mais velho faz: "mudou-lhe as fraldas, deu-lhe banho, cantou para ela", revelou a mãe, de acordo com o New York Post.

Diagnosticado com Linfoma, Bailey lutou durante 15 meses acabando por morrer na véspera de Natal. Antes de morrer, Bailey fez um pedido muito importante aos pais. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!