Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Menino de 11 anos morre de sépsis após médicos o mandarem para casa com paracetamol

Lance Garcia queixava-se de um tornozelo dorido.
Correio da Manhã 12 de Setembro de 2019 às 19:33
Médicos
Médicos
Médicos
Médicos
Médicos
Médicos

Lance Garcia, de 11 anos, morreu com sépsis - uma das doenças mais mortais - após ter ferido o tornozelo enquanto dançava. 

O menino chegou a ser levado ao hospital em duas ocasiões diferentes, dois dias antes da sua morte, mas os médicos desvalorizaram acreditando que tinha apenas sofrido uma lesão nos tecidos moles. Perante essa crença, Lance foi mandado para casa com paracetamol.

O hospital já assumiu a responsabilidade pela morte do menino. 

Lanche magoou-se no tornozelo direito quando estava na casa dos pais, Arnel e Malou, a mostrar os seus movimentos de dança. 

Os pais, ambos enfermeiros, levaram-no ao hospital na manhã seguinte perante a dor que não parecia passar. 

Arnel e Malou insistiram que o seu filho fosse tratado com uma urgência mas não foram levados a sério pela equipa médica.

O estado do menino deteriorou-se rapidamente e Lance foi internado no Hospital Wexham pela terceira vez. Lance foi intubado e os médicos tentaram reanimá-lo mas sem sucesso.

O menino sofreu um 
choque séptico e acabou por morrer.



Garcia Lance Arnel Malou política saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)