Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Menino de 13 anos morre em direto nas redes sociais

Adolescente deu um tiro na cabeça por acidente enquanto posava com uma arma no Instagram.
Pedro Zagacho Gonçalves 13 de Abril de 2017 às 13:27
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram
Malachi Hemphill morreu num trágico acidente em direto no Instagram

Um menino de 13 anos natural da Georgia, nos EUA, morreu durante uma transmissão em direto na rede social Instagram, ao dar um tiro na cabeça por acidente. O caso está a chocar o mundo.

Malachi Hamphill filmava um vídeo no quarto quando resolveu posar com uma arma para a câmara. Enquanto manejava uma pistola, esta disparou por acidente, atingindo o adolescente, que caiu de imediato no chão.

Ao ouvir o disparo, a mãe de Malachi, Shaniqua Stephens, correu para o quarto do filho. Arrombou a porta e encontrou o menino no chão, numa poça de sangue. "Ficámos em choque. A minha filha só chorava e gritava. Depois disse-me ‘Mãe, desliga o telemóvel dele’. Vi depois que estra uma transmissão no Instagram Live", conta a mãe do menor, destroçada.

Malachi ainda foi levado de emergência para o hospital, mas acabou por não sobreviver aos ferimentos. Depressa os amigos de Malachi que assistiram à tragédia acorreram à casa do menino. "Apareceram entre 40 a 50 crianças. Depois toda a vizinhança. É uma dor muito grande", relata Shaniqua, que não sabe onde o filho arranjou a arma.

A mulher norte-americana espera que a tragédia alerte outros pais para que monitorizem e controlem a atividade online dos filhos, como forma de prevenir casos semelhantes.

Ver comentários