Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Menino de dois anos fica órfão após pais serem assassinados na parada do 4 de Julho em Chicago

Criança acabou por sair ilesa do ataque e foi entregue aos familiares.
Correio da Manhã 6 de Julho de 2022 às 20:43
 Aiden McCarthy
Aiden McCarthy FOTO: Twitter
Uma criança de dois anos ficou órfã após perder os pais no tiroteio que ocorreu na passada segunda-feira, numa parada do Dia da Independência, em Highland Park, perto de Chicago. Os pais do menino, Irina e Kevin McCarthy, de 35 e 37 anos, estão entre as sete vítimas mortais do ataque. 

Segundo o The Mirror, Aiden separou-se dos pais no meio do caos. A criança acabou por sair ilesa do tiroteio e foi entregue aos familiares.

Membros da comunidade de North Shore presentes no ataque iniciaram uma angriação de fundos na plataforma GoFoundMe. O objetivo é arrecadar uma quantia que permita ajudar a família a cuidar do menino.

"Após o tiroteio em Highland Park, a 4 de julho, a comunidade de North Shore uniu-se para ajudar um menino sobre o qual nada sabíamos. Nós levámo-lo para um lugar seguro em circunstâncas trágicas, reunimo-nos para localizar os seus avós e orámos pela segurança da sua família", escreveu Irina Colon, organizadora da angariação.

De acordo com a GoFoundMe, até ao momento foram arrecadados mais de dois milhões de euros.

Segundo as autoridades, Robert E. Crimo, disparou sobre a multidão que estava no desfile e conseguiu escapar, vestindo-se de mulher e misturando-se com as pessoas em fuga. O homem foi detido horas após o ataque.

Ver comentários
}