Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Menino de dois anos morre à fome após pai sofrer ataque cardíaco fulminante em casa

David era "um bebé com um sorriso determinado e doce", refere o comandante da polícia local.
Correio da Manhã 17 de Novembro de 2022 às 16:09
Pai e filho
Pai e filho FOTO: Facebook
Uma criança de dois anos morreu à fome depois do pai sofrer um ataque cardíaco fulminante e perder a vida, na casa onde viviam, em Nova Iorque, EUA. O menino, David, sofria de uma condição física.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, a Segurança Social norte-americana pediu às autoridades para visitar a casa onde o pai vivia com a criança, porque não conseguirem estabelecer contacto. Foi nessa altura que os corpos foram encontrados, sem vida, no mesmo quarto.

O trágico episódio aconteceu em fevereiro deste ano, mas a causa da morte de pai e filho só agora foi divulgada pela polícia local, nove meses após o acidente, refere Daily mail. 

Os médicos legistas revelaram que "(o pai) faleceu primeiro e a criança não conseguiu alimentar-se sozinha, acabando por morrer à fome". 

O comandante da polícia disse ao Daily Mail que David era "um bebé com um sorriso determinado e doce" e realçou, também, que "tinha aprendido a andar recentemente, após vários meses de reabilitação, por ter sido sujeito a uma cirurgia devido a uma condiçãoo física que tem desde nascença". 

As cerimónias fúnebres aconteceram em março deste ano.
Nova Iorque EUA questões sociais morte
Ver comentários
C-Studio