Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Menino de quatro anos orfão após pais morrerem de Covid-19

Menino está aos cuidados da avó materna.
Correio da Manhã 16 de Novembro de 2020 às 08:29
Raiden, de quatro anos, com os pais
Raiden Gonzalez
Raiden, de quatro anos, com os pais
Raiden Gonzalez
Raiden, de quatro anos, com os pais
Raiden Gonzalez

No espaço de 100 dias, Raiden Gonzalez, de quatro anos, perdeu o pai e a mãe na luta contra a Covid-19.

Em junho, Adan, pai do menino, ficou doente com coronavírus após um colega de trabalho ter testado positivo. O homem de San Antonio, Texas, nos Estados Unidos, acabou por ser hospitalizado e não resistiu à doença tendo morrido a 26 de junho com 33 anos.

Mariah, mãe de Raiden, ainda estava de luto pelo marido quando o vírus a atingiu. Também para ela foi fatal.

Morreu no dia 5 de outubro, poucas horas depois de se começar a sentir mal. O teste foi feito no hospital no mesmo dia em que Mariah sentiu os primeiros sintomas. Tinha 29 anos.

A família de Raiden tenta agora preparar uma festa de aniversário ao menino, que celebra o 5º aniversário no dia 28 de novembro, numa tentativa de trazer alguma alegria à criança.

A avó de Raiden, Salinas, afirma que têm sido dias difíceis e que é frequente o menino pedir pela mãe. 

Apesar da perda violenta para este menino de apenas quatro anos, tem sido ele a força da avó materna nesta fase. 

"Ele faz-me continuar, apenas com os seus amigáveis e contantes lembretes em que diz o quanto me ama. Está sempre a agradecer-me por tomar conta dele", conta Salinas.

Covid-19 Mariah Raiden Gonzalez Salinas questões sociais saúde grupos populacionais crianças
Ver comentários