Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Menino de 4 anos vivia fechado em casa usada para fabricar drogas

Rapaz era mantido em divisão minúscula durante horas. Acusou positivo em teste de droga.
4 de Janeiro de 2018 às 12:48
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
A mãe do rapaz no momento da detenção
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
A mãe do rapaz no momento da detenção
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
A mãe do rapaz no momento da detenção
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Menino de quatro anos encontrado em casa usada para fabricar drogas
Um rapaz de quatro anos foi encontrado pela polícia de Houston, nos Estados Unidos, numa casa em condições deploráveis que era usada para fabricar drogas sintéticas. O menino confessou às autoridades uma vida de privações e castigos, revelando que o obrigavam a passar longos períodos fechado numa minúscula divisão, pouco maior do que um armário.

O site noticioso ABC avança que a polícia recebeu uma denúncia anónima dizendo que os donos da casa fabricavam e traficavam drogas dentro da residência.

A advogada oficiosa nomeada para defender o menor revela que este foi submetido a testes de droga e acusou positivo no consumo de metanfetaminas. Rachel Leal-Hudson acrescenta que as histórias contadas pelo rapaz acerca da sua experiência mostra que passou por situações que nem um adulto deveria alguma vez ter vivido.

A vítima era deixada naquele espaço por muitas horas e as únicas visitas que tinha eram baratas e ratos. Era frequentemente castigado de outras formas, como ser obrigado a sentar-se em cima de um frigorífico alto. Foi encontrado na casa com uma mulher que não era sua familiar

A mãe, April Burrier, é acusada, entre outros crimes, de pôr em risco a segurança do seu filho em risco, mas nega os maus tratos e alega que havia alguém responsável a cuidar do rapaz. Foi detida a 20 dezembro, quando regressou a casa, horas depois de ter deixado o menor. A polícia revela que estava "demasiado intoxicada" para dizer a quem tinha confiado a guarda do filho na sua ausência".

O pai da criança, separado da mãe, pede a custódia total do menino. Mas o homem, que alega desconhecer o tratamento a que o menor era sujeito, também tem cadastro por consumo e tráfico de droga. Para já, a criança ficou ao cuidado de uma instituição.


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)