Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Menino que fugiu de caverna em Tenerife não sabe da morte da mãe e do irmão

Homem convenceu filhos e mulher de que iriam fazer um "piquenique" na caverna.
26 de Abril de 2019 às 19:21
Guardia Civil
Detido
Guardia Civil
Detido
Guardia Civil
Detido

menino alemão de seis anos que conseguiu fugir de caverna, em Tenerife, onde a mãe e o irmão de 10 anos foram mortos pelo pai ainda não tem conhecimento da morte dos familiares e do destino que terá o pai. 

O homem de nacionalidade alemã ficou em prisão preventiva sem possibilidade de fiança. T
estemunhou durante mais de seis horas e acabou acusado de dois crimes de homicídio e tentativa de homicídio. 

O pai alemão levou os dois filhos e a mulher para a caverna sob pretexto de que iriam fazer um "piquenique" e haveria presentes da Páscoa dentro da caverna. 

A criança que sobreviveu não esquece as palavras do pai. "Mais vale a vida do que presentes de Páscoa", disse o menino aos intérpretes após ser encontrado.

A informação foi avançada por 
uma mulher, Annelies, que foi tradutora do menino. 

A criança ainda não conhece o final trágico: "Eu não lhe disse, essa é a tarefa da sua família ou de psicólogos", disse a tradutora, que visita regularmente a criança no centro onde está a criança até os seus familiares chegarem.

irmão Tenerife Annelies Páscoa crime lei e justiça questões sociais crime homicídio crianças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)