Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Mercedes admite utilizar sensores de localização para recuperar carros com pagamento em atraso

Marca diz que utiliza os sensores para localizar viaturas em "circunstâncias excepcionais".
Correio da Manhã 25 de Agosto de 2019 às 23:19
Mercedes
Mercedes
Mercedes
Mercedes
Mercedes
Mercedes
A Mercedes-Benz admitiu que os carros novos e usados a ser vendidos no Reino Unido estão a chegar às mãos dos novos proprietários com sensores de localização instalados.

Quem o afirma é a própria fabricante que acrescenta ainda que no Reino Unido, no último ano, foram vendidos cerca de 170 mil carros.

A marca diz que utiliza os sensores para localizar viaturas em "circunstâncias excepcionais", especialmente quando os clientes se atrasam no pagamento dos financiamentos.

A Mercedes partilha assim a informação com empresas de recuperação de viaturas e com os oficiais de justiça.

Segundo leis da UE, rastrear carros sem consentimento do condutor é ilegal. No entanto, no momento em que o comprador vai ao concessionário para adquirir o carro, assina um documento com termos e condições que incluem uma cláusula que informa sobre a instalação de localizadores.

David Davis, antigo ministro do Reino Unido, pediu ao governo que investigue a legalidade da prática da gigante alemã.

A Mercedes-Benz não especificou há quanto tempo utiliza os sensores de localização nos carros mas alega que não são usados para rastrear clientes ou obter dados em tempo real destes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)