Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Merkel eleita chanceler alemã para terceiro mandato

Chanceler alemã vai quarta-feira a Paris encontrar-se com o presidente François Hollande para acertar agulhas antes da cimeira europeia do fim de semana.
17 de Dezembro de 2013 às 21:31
Angela Merkel, chanceler, deputados, Alemanha, votação, eleições
Angela Merkel, chanceler, deputados, Alemanha, votação, eleições FOTO: AFP PHOTO / JOHANNES EISELE

Após três meses de duras negociações para a formação de uma ‘grande coligação’ com o SPD, a chanceler alemã foi ontem formalmente empossada para um terceiro mandato, mas nem terá tempo para ‘aquecer’ o lugar. Desloca-se já hoje a Paris para um encontro com o presidente francês François Hollande, numa clara indicação de que a política europeia será a sua primeira grande prioridade.

A votação no Bundestag era apenas uma formalidade, dada a esmagadora maioria de que a coligação CDU/CSU-SPD goza no Parlamento, onde tem 605 dos 631 lugares.

A sua recondução no cargo foi, apesar disso, aprovada por ‘apenas’ 462 votos favoráveis, enquanto 150 deputados votaram contra e nove abstiveram-se. Ou seja, descontando os 127 votos da oposição, isto significa que 23 deputados da maioria votaram contra Merkel, um sinal de que nem todos se sentem confortáveis com mais uma ‘grande coligação’.

Dilemas partidários à parte, Merkel está já concentrada no futuro e a grande prioridade passa pela manutenção do rumo na Europa, incluindo o reforço do eixo franco-alemão, considerado o grande ‘motor’ da UE.

Por essa razão, a chanceler não perde tempo e desloca-se hoje a Paris, onde se reúne com o presidente francês François Hollande, para ‘acertar agulhas’ antes da importante cimeira europeia do próximo fim de semana. Naquela estará em cima da mesa a união bancária europeia, pela qual a chanceler alemã tanto lutou nos últimos anos.

Angela Merkel chanceler deputados Alemanha votação eleições
Ver comentários