Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Merkel pede à Europa defesa da democracia

“Nenhum muro é tão alto que não possa ser derrubado”, disse a chanceler da Alemanha em lembrança de dia histórico.
Marco Fonseca Pereira 10 de Novembro de 2019 às 10:13
Angela Merkel deixou uma rosa no memorial do Muro de Berlim
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
Angela Merkel deixou uma rosa no memorial do Muro de Berlim
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
Angela Merkel deixou uma rosa no memorial do Muro de Berlim
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
'Para lembrar o dia da liberdade': Queda do Muro de Berlim aconteceu há 30 anos
A chanceler alemã, Angela Merkel, exortou este sábado a Europa a defender sempre a "liberdade, democracia, Estado de Direito, igualdade e direitos humanos", no âmbito das celebrações dos 30 anos da queda do Muro de Berlim.

"Nenhum muro que mantenha as pessoas de fora e restrinja a liberdade é tão alto... que não possa ser derrubado", disse Merkel junto ao memorial do Muro de Berlim, onde depôs uma rosa e acendeu uma vela.

A chanceler alemã lembrou ainda que a barreira que separou a República Democrática Alemã comunista do Ocidente é agora "história", mas que os valores da Europa não estão garantidos e que "devem ser vividos e defendidos sempre" e que "somos obrigados a fazer a nossa parte".

Os líderes de vários países europeus marcaram presença nas celebrações em homenagem aos protestos pacíficos do dia 9 de novembro de 1989, que forçaram o regime comunista da ex-RDA a permitir a passagem de milhões de pessoas para o Ocidente.

Os chefes de Estado da Eslováquia, República Checa, Polónia e Hungria juntaram-se ao presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, que lembrou que "sem a coragem e o desejo de liberdade" dos restantes países da antiga Europa de Leste, a queda do Muro de Berlim e a reunificação das duas Alemanhas não teria sido possível.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)