Merkel diz que Portugal tem demasiados licenciados

17,6% dos portugueses entre os 15 e os 64 anos completou estudos superiores.
Por Lusa|04.11.14
Merkel diz que Portugal tem demasiados licenciados
Angela Merkel discursa na confederação das associações patronais em Berlim, na Alemanha Foto EPA

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje que países como Portugal e Espanha têm demasiados licenciados, o que faz com que não tenham noção das vantagens do ensino vocacional.

Citada pela agência de informação financeira Bloomberg, a chanceler alemã afirmou que o enfoque nos estudos universitários como um feito de topo da carreira é algo do qual deve haver um afastamento.

Acha que Portugal tem demasiados licenciados?


"Caso contrário, não conseguiremos persuadir países como Espanha e Portugal, que têm demasiados licenciados", dos benefícios do ensino vocacional, acrescentou a líder alemã, durante uma intervenção na confederação das associações patronais daquele país (BDA, na sigla em alemão).

De acordo com dados do gabinete de estatísticas europeu, em 2013, 25,3% da população da União Europeia entre os 15 e os 64 anos tinha completado estudos superiores, enquanto a percentagem portuguesa era de 17,6% e a alemã de 25,1%.

Na cabeça da lista encontrava-se a Irlanda, com 36,3% da população entre os 15 e os 64 anos licenciada, seguindo-se o Reino Unido com 35,7%, estando a Roménia (com 13,9%) e a Itália (com 14,4%) no final da lista.

No mesmo discurso, Merkel declarou que a economia alemã precisa de mais investimento, mas rejeitou que o seu Governo incorra num maior défice para resolver o problema.

"A necessidade (de novos investimentos) ainda é importante", disse Merkel.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De 2ondajovem@gmail.com04.11.14
    O perigo não vem da Rússia nem dos Tupolev.O perigo vem do IV REICH da FRAÜ ADOLFA. Um dia destes acordamos num campo de concentração. À VIVA que nem os coelhos se safam debaixo das BOTA ALEMÃ. Os Panzers agora são os €UROS e a política Pan Germanista. O olhar dela é um fac simile de um qualquer SS que se vêem no Canal História. ÀS ARMAS! Enquanto é tempo disso.
16 Comentários
  • De  Anónimo 05.11.14
    este saco de batatas está com medo que lhe tirem o lugar, até agora eramos o pais onde havia mais analfabetos agora bem esta dizer que á demasiados licenciados, e qual o problema dom licenciado andar a varrer as ruas? não é um trabalho digno, ó é só os que estão no poder e que são todos os grandes mafiosos.
    Responder
     
     -2
    !
  • De  Anónimo 05.11.14
    Não concordo c/ Merkel. Digo, pobre do país que chega quase à bancarrota, leva a que haja interferências exteriores a opinar.
    Responder
     
     -2
    !
  • De mioca176305.11.14
    O problema não está no nº. Estará nas áreas onde se concentram e ainda em quem lhes paga o ordenado! Oportunistas colocados em lugares normalmente públicos que até para aproveitar o tempo livre pois não fazem nenhum, tiraram cursos da treta e logo com o canudo na mão exigem colocação e ordenado compatível. A função publica está cheia desta gente! A sra tem razão, até porque sabe que tem que continuar a enviar dinheiro para lhes pagar os bons ordenados!
    Responder
     
     2
    !
  • De Luis-18lp05.11.14
    O ensino português esta com dificuldade em dar acesso a todos os que necessitam participar nas Universidades, como possivel existir
    tantos licenciados? O desemprego fator de desiquilibrio para quem
    necessita de um Curriculo Vitae profissional, realmente o ensino tem uma adesão em dificuldade...
    Responder
     
     1
    !
  • De cdebessa04.11.14
    Em Portugal não ha demasiados licenciados mas ha falta de quadros tecnicos!!!!!
    Responder
     
     3
    !