Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Milhares contestam austeridade na Bélgica

Manifestação foi acompanhada por uma greve.
7 de Outubro de 2015 às 14:19
Registaram-se alguns incidentes entre a polícia e estivadores vindos de Antuérpia
Registaram-se alguns incidentes entre a polícia e estivadores vindos de Antuérpia FOTO: Reuters

Entre 80 mil, segundo a polícia, e 100 mil pessoas, segundo os sindicatos, desfilaram esta quarta-feira na capital belga em protesto contra as medidas de austeridade do governo conservador de Charles Michel, tendo havido confrontos com as autoridades.


Segundo um canal de televisão belga, registaram-se alguns incidentes entre a polícia e estivadores vindos de Antuérpia, um dos principais portos europeus.


A manifestação foi acompanhada por uma greve, que perturbou nomeadamente o setor dos transportes públicos e o funcionamento das escolas.


Para sexta-feira, está já convocada uma greve ferroviária.


Os manifestantes contestam o aumento da idade da reforma para os 66 anos, em 2025, e os 67, em 2030, face aos atuais 65, decidido em julho.


Em causa está ainda a intenção do primeiro-ministro de reformar o regime fiscal, com o objetivo de equilibrar as contas públicas, nomeadamente reduzindo o custo dos salários.


A subida da taxa de IVA de 6% para 21% na eletricidade e a intenção de aumentar o imposto sobre o consumo no gasóleo, tabaco, álcool e bebidas gasosas estão também entre as medidas contestadas.

Bélgica manifestação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)