Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Militares exigem saída de Rumsfeld

A aproximação das eleições intercalares para o Congresso dos EUA trouxe à luz do dia as divisões entre os republicanos e a insatisfação crescente com a administração do presidente George W. Bush. Vários conservadores destacados atacaram nos últimos dias a política da Casa Branca no Iraque e uma das principais publicações militares dos EUA exige, em editorial da edição de amanhã, a demissão de Donald Rumsfeld, líder do Pentágono o arquitecto da deposição de Saddam Hussein.
5 de Novembro de 2006 às 00:00
“Independentemente do partido que saia vencedor a 7 de Novembro, chegou o momento, sr. presidente, de encarar a verdade desconfortável: Donald Rumsfeld tem de sair.” Esta é a conclusão de um editorial que surgirá simultaneamente nas edições da Army Times Publications, que publica as revistas dos quatro ramos principais das Forças Armadas norte-americanas. “O que se defende é que, sobretudo após as declarações públicas de vários líderes militares, ele perdeu o apoio e o respeito das chefias militares”, explicou Robert Hodierne, editor executivo.
Entretanto, Kenneth Adelman, antigo membro de uma comissão de aconselhamento de Bush, atacou igualmente a gestão de Rumsfeld. “Esta é uma das equipas mais incompetentes do pós-guerra”, afirmou Adelman, considerando a administração Bush “disfuncional”. O conservador Richard Perle, ex-conselheiro de Bush para a Defesa, afirma que a gestão do pós-guerra no Iraque foi transformada num desastre pela incompetência da equipa de Bush.
À MARGEM
CANDIDATOS LUSOS
Há pelo menos 30 candidatos luso-americanos nas eleições intercalares de terça-feira. Além de candidatos a cargos locais, há ainda pelo menos quatro deputados de origem lusa a tentar a reeleição para a Câmara de Representantes e seis candidatos à Assembleia Legislativa da Califórnia.
REPUBLICANO DEMITIDO
O republicano Bob Ney foi demitido do Congresso por envolvimento com o intermediário empresarial Jack Abramoff, que já levara ao afastamento, por corrupção, do líder republicano da Câmara de Representantes, Tom DeLay. A estas baixas junta-se, recorde-se, Mark Foley, demitido por assédio a funcionários adolescentes do Capitólio.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)