Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Mineiro resgatado ao fim de 111 horas

As equipas de socorro resgataram ontem um mineiro que estava soterrado há nada menos de 111 horas numa das galerias de uma mina na região polaca da Silésia, na sequência de uma derrocada ocorrida há quase cinco dias.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Zbigniew Nowak, de 30 anos, foi hospitalizado e permanecia ontem consciente, depois de ter sobrevivido durante nada menos do que 111 horas e 20 minutos debaixo de terra, a 1030 metros de profundidade. O mineiro refugiou-se na entrada de uma galeria que abateu na sequência de duas explosões ocorridas na passada quarta-feira nas minas Halemba, em Ruda Slaska.
As operações de busca e salvamento foram dificultadas pelas sucessivas camadas de pedra e carvão, pelo ar rarefeito e ainda pela pouca visibilidade.
As bem sucedidas buscas para tentar localizar o mineiro polaco ocorreram escassos dois dias depois de a empresa proprietária da mina de carvão mexicana onde, no passado dia 19, 65 mineiros ficaram encurralados, ter dado como mortos os trabalhadores. Recorde-se que, a exemplo do que sucedeu na Polónia, também os mineiros que trabalhavam na mina mexicana ficaram encurralados no seu interior na sequência de uma explosão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)