Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Ministério Público acusa Juan Guaidó de apropriação de ativos do país

Anúncio foi feito pelo procurador-geral Tarek William Saab, que em março disse ter 25 acusações acumuladas contra o líder opositor.
Lusa 15 de Setembro de 2021 às 07:46
Juan Guaidó
Juan Guaidó FOTO: Reuters
O Ministério Público da Venezuela iniciou uma investigação contra o líder opositor Juan Guaidó, que acusa de vários crimes, incluindo apropriação de ativos do país, nomeadamente da Monómeros, uma empresa venezuelana produtora de fertilizantes e químicos, sediada na Colômbia.

O anúncio foi feito pelo procurador-geral Tarek William Saab, que em março disse ter 25 acusações acumuladas contra o líder opositor Juan Guaidó.

"Caso Monómeros. O Ministério Público da Venezuela iniciou uma investigação contra Juan Guaidó por usurpação de funções, traição à pátria, furto qualificado de ativos e associação para cometer crimes", escreveu Tarek William Saab na sua conta na rede social Twitter.

Juan Guaidó Ministério Público da Venezuela Colômbia
Ver comentários