Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Ministro francês critica "globalização escandalosamente desleal"

O ministro da Reconstrução Produtiva francês, Arnaud Montebourg, denunciou esta segunda-feira "uma globalização escandalosamente desleal" e criticou a Organização Mundial do Comércio (OMC) pela forma como admitiu a China e como este país conquistou os mercados.
22 de Outubro de 2012 às 09:41
O ministro francês Arnaud Montebourg
O ministro francês Arnaud Montebourg FOTO: Reuters

Montebourg considerou, numa entrevista à rádio francesa France Info, que "o balanço" da OMC "é um desastre", em particular a integração da China na organização, cujas práticas comerciais dispararam desde o início da década passada o défice comercial da França ou do conjunto da União Europeia.

O ministro francês respondia assim às advertências lançadas no sábado pelo director-geral da OMC, Pascal Lamy, em relação à tentação de um "proteccionismo patriótico" por parte do ministro francês e da campanha que este lançou para que os franceses consumissem produtos franceses.

"Que fez a OMC e o diretor-geral Pascal Lamy para equilibrar essa situação" de défice comercial em países como a França devido às práticas da China, questionou Montebourg. O ministro justificou a campanha que lançou em defesa dos produtos franceses, referindo que "o consumidor tem um poder que ignora e subestima".

Montebourg indicou que aposta num "relançamento produtivo" e que para melhorar a competitividade das empresas estaria disposto a diminuir as contribuições pagas por trabalhador caso aumentem a actividade no país. O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, reúne-se hoje com vários membros do executivo para debater a questão da competitividade.

frança ministro globalização omc china comércio
Ver comentários