Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

MISSIONÁRIA BRASILEIRA AGREDIDA POR JORNALISTAS ESPANHÓIS

A missionária brasileira, Elida dos Santos, uma das religiosas que denunciou o alegado tráfico de órgãos de crianças, na província de Nampula, Moçambique, foi alegadamente agredida, esta terça-feira, por dois jornalistas espanhóis da rádio ‘Cadena ser’.
9 de Março de 2004 às 15:47
A missionária brasileira apresentou queixa na Polícia moçambicana sendo que, à saída da esquadra optou por não fazer quaisquer comentários, dizendo apenas que preferia “falar noutra altura” e que estava “bem”.
Ao microfones da rádio TSF um responsável da Polícia moçambicana, Xavier Tocoli, fez saber que dois indivíduos foram à residência de Elida dos Santos, “forçaram a porta, alegando que eram jornalistas.”
Tocoli adiantou ainda que recebeu um telefonema do primeiro secretário do Embaixador de Espanha, em Maputo, a confirmar que os agressores são jornalistas espanhóis, que se deslocaram a Nampula para fazer uma reportagem sobre o alegado do tráfico de órgãos de crianças na província.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)