Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Moçambique cresce acima de 8%

Eventual má gestão das receitas pode aumentar tensões políticas e sociais.
28 de Outubro de 2014 às 09:45
Previsões da agência de notação financeira Moody's
Previsões da agência de notação financeira Moody's FOTO: D.R

Moçambique vai crescer 8,3% este ano e 8,4% no próximo ano, prevê a agência de notação financeira Moody's numa análise em que considera que a eventual má gestão das receitas pode aumentar as tensões políticas e sociais.


Segundo a 'Opinião de Crédito', a última nota de análise sobre Moçambique, e a que a Lusa teve acesso, o país vai crescer acima de 8% nos próximos dois anos, tendo a seu favor as "perspetivas favoráveis de médio prazo, alimentadas pela exploração dos substanciais recursos naturais", a estabilidade política exponenciada pela supervisão do Fundo Monetário Internacional e os baixos custos do serviço da dívida, apesar dos níveis relativamente altos da dívida pública.


Do lado dos aspetos menos negativos, a Moody's salienta a pequena e pouco diversificada economia e os altos níveis de pobreza e fraco PIB, a fraca força fiscal, caracterizada pelos altos níveis de dívida pública e défices fiscais como resultado das necessidades de infraestrutura, a baixa capacidade institucional e os moderados riscos políticos, resultantes das tensões sociais e políticas, que podem ser exacerbadas em caso de má gestão das receitas provenientes dos recursos naturais.

Moçambique economia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)