Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Morreu ao pular o muro da própria casa

Um pedreiro de 53 anos, Juarez Nogueira, morreu hoje em São Bernardo do Campo, cidade vizinha de São Paulo (Brasil), ao tentar pular o portão da sua própria casa.
28 de Abril de 2010 às 22:23
Morreu ao pular o muro da própria casa
Morreu ao pular o muro da própria casa FOTO: Roberto Pujales

Juarez tinha esquecido a chave da habitação e, chegando lá, optou por pular o portão de grades, com lanças ponteagudas na ponta, que mandara colocar para garantir a sua segurança.

Foram exactamente essas lanças ponteagudas que provocaram a sua morte, pois o pedreiro, quando já quase tinha passado para o outro lado, prendeu as calças numa afiada ponta metálica, desequilibrou-se e caiu de cabeça dentro do quintal.

A queda talvez não tivesse sido fatal se não fosse outra triste coincidência:  Juarez ter deixado do lado de dentro, perto do portão, um grosso pedaço de madeira, usados na construcção civil, contra o qual bateu com violência ao fazer um movimento brusco para se desenvencilhar da grade onde ficara preso.

Ele teve morte instantânea, e os socorristas que acorreram chamados pela vizinhança não puderam fazer mais nada a não ser constatar o óbito e remover o seu corpo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)