Morreu Johan Van Hulst, o professor que salvou centenas de crianças judias

Holandês morreu aos 107 anos. É considerado um dos maiores rostos de luta contra o nazismo.
Por Catarina Figueiredo|30.03.18
Johan Van Hulst, o professor holandês que ajudou mais de 600 bebés e crianças judias a escapar das forças nazis durante o holocausto, morreu no dia 22 de março, aos 107 anos. O anúncio foi feito pelo senado da Holanda.

Tudo começou em 1942, dois anos após a invasão alemã da região dos Países Baixos durante a Segunda Guerra Mundial. Nessa altura, Van Hulst dava aulas numa escola protestante em Amesterdão, localizada num bairro predominantemente judeu.

Filho de um estofador de móveis, o professor viu-se a braços com o encerramento da escola por parte do Governo que retirou o financiamento à instituição. Sem baixar os braços, Van Hulst acreditava que a escola podia sobreviver sem subsídios do Estado e com a ajuda de alguns pais, manteve a escola de portas abertas e tornou-se diretor da mesma.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!