Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Morto em casa durante 15 anos

Um homem espanhol, a viver na cidade francesa de Lille, esteve pelo menos 15 anos morto em casa sem que ninguém tivesse dado conta do seu desaparecimento.
20 de Outubro de 2012 às 17:38
A data da morte ainda é incerto, mas as primeiras pistas apontam para 1997
A data da morte ainda é incerto, mas as primeiras pistas apontam para 1997 FOTO: Paulo Calado

O corpo do homem foi descoberto por funcionários do município que se deslocaram à residência para verificar uma infiltração de água, após uma queixa da vizinha.

O director do departamento de segurança pública de Lille, Didier Perroudon, explicou, em entrevista à rádio ‘France Info’, que Alberto Rodríguez, nascido em 1921, se encontrava em estado esquelético e vestido com um pijama.

As primeiras informações apontam para morte natural e excluem indícios de crime. A data do falecimento ainda é incerta, mas as últimas cartas entregues na residência datam de 1997.

“Será preciso descobrir de onde veio, o que fazia e quais poderiam ser as suas relações. Parece que não tinha família nas proximidades. É a morte de um homem só numa sociedade na qual não prestamos atenção aos nossos vizinhos?”, lamentou Didier Perroudon.

lille frança corpo morte casa município família didier perroudon
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)