Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Motim provoca mortos em prisão brasileira

Pelos menos sete detidos morreram asfixiados pelo fumo de colchões queimados durante um motim numa prisão da cidade de Jundiaí, a 60 quilómetros de São Paulo, revelaram esta quinta-feira fontes oficiais.
23 de Março de 2006 às 16:44
O motim começou ontem à tarde e prossegue durante o dia de hoje na Cadeia pública de Jundiaí e um primeiro balanço aponta para a morte de, pelo menos, sete detidos, sendo que três guardas-prisionais foram feitos reféns. A polícia de São Paulo já cercou a prisão para evitar a fuga de detidos. Com capacidade para 120 presos, a prisão alberga actualmente 470.
Refira-se que este é o sexto motim registado esta semana nas cadeias do Estado de São Paulo.
Ver comentários