Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

MPLA vai votar nova liderança

José Eduardo dos Santos queria congresso em dezembro ou abril, mas proposta foi rejeitada.
Francisco J. Gonçalves 17 de Março de 2018 às 09:39
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
José Eduardo dos Santos
O líder do MPLA, e ex-presidente de Angola, queria que se realizasse um congresso extraordinário do partido no poder, "em dezembro de 2018 ou abril de 2019", para "resolver" a liderança. A proposta foi feita pelo homem que chefiou Angola durante 38 anos na abertura da 5ª sessão ordinária do Comité Central do MPLA, em Luanda. No entanto, a iniciativa foi rejeitada.

Segundo apurou o CM, o Comité Central terá uma nova reunião em maio, e desse encontro é que sairá a data do novo congresso extraordinário. Muitos militantes têm denunciado a bicefalia do partido desde que, em setembro de 2017, João Lourenço se tornou presidente de Angola, deixando o ex-presidente na chefia do MPLA.

Lourenço negou, em janeiro, uma crispação entre ele e o ex-presidente, mas sublinhou que esperava ver Eduardo dos Santos cumprir a promessa de deixar a chefia do MPLA em 2018. O mandato do ex-presidente termina apenas em 2021, e ele quer preparar a estratégia para as primeiras autárquicas angolanas, a realizar antes de 2022.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)