Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mulher acredita ter sido assaltada por ser "atraente"

Whitney Paige tem mais de 1,5 milhões de seguidores na rede social Instagram.
Correio da Manhã 23 de Janeiro de 2021 às 11:22
Whitney Paige
Whitney Paige FOTO: Direitos Reservados

Uma jovem norte-americana de 26 anos afirma ter sido assaltada à mão armada por ser demasiado ‘atraente’, revela o jornal britânico Daily Star.

Tudo aconteceu na altura do Halloween em 2020. Whitney Paige, de 26 anos, estava numa bomba de gasolina em Las Vegas, nos Estados Unidos da América, vestida de catwoman. Três homens apareceram num carro e convidaram-na para entrar no veículo, o que recusou. Posteriormente, enquanto esperava por um Uber, um desses homens apontou-lhe uma arma e roubou-lhe a mala. O assalto acabou por render aos ladrões mais de 800 euros, que gastaram num supermercado. Através das imagens de videovigilância, Whitney conseguiu identificar os ladrões e, no dia seguinte, a polícia conseguiu recuperar os seus pertences.

"Muitas vezes fico sozinha quando viajo e isso faz de mim um alvo. Também sou atraente e isso não ajuda porque recebo muita atenção do público", explica a mulher ao jornal, acreditando que estas são as justificações para o assalto ter ocorrido.

O acontecimento foi de tal forma traumatizante para a mulher que já pondera comprar uma arma para se proteger.

"Estou paranóica com os homens que se aproximam de mim agora. Penso sempre o pior. Não me sinto segura e é triste porque sou muito independente e sinto que não posso fazer certas coisas porque estaria a arriscar a minha segurança", confessou Whitney Paige.

A jovem tem mais de 1,5 milhões de seguidores na rede social Instagram.

Whitney Paige crime lei e justiça assalto atraente mulher Las Vegas EUA
Ver comentários