Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Mulher apaixona-se por avião Boeing 737-800 e planeia casamento

Michele Kobke diz que se apaixonou quando viu as asas e os propulsores da aeronave.
Correio da Manhã 25 de Janeiro de 2020 às 16:43
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800
Mulher está numa relação à distância com avião Boeing 737-800

Michele Kobke, de 30 anos, está num relacionamento com um avião Boeing 737-800 e planeia casar-se com a aeronave em breve.

A mulher diz que se apaixonou pelo avião de 40 toneladas quando viu as suas asas e propulsores há seis anos e descreve-o como o "amor da sua vida".

A primeira vez que Michele viu o Boeing 737-800 foi no aeroporto Tegel, em Berlim.

Como ainda só se conseguiu encontrar com a aeronave duas vezes durante os seis anos de relação, a mulher alemã dorme com partes do avião.

A primeira vez que se aproximaram, para além de se verem pela janela do aeroporto, foi em setembro de 2019. Nesse momento, Michele conseguiu beijar o avião.

Depois do primeiro encontro, a mulher de 30 anos já pensa em casamento mas não sonha com um casamento tradicional, onde usaria vestido branco e véu. Em vez disso, Michele quer usar calças pretas e blazer preto.

O próximo encontro da mulher com a aeronave está marcado para dia 18 de março de 2020, em Amesterdão.

A família e os amigos aceitaram a relação mas não estão interessados em conhecer Schatz (nome que Michele atribuiu à aeronave).

"Quero ter alguém para nos casar e dizer «quer casar com o seu 737-800?» e eu digo «sim», beijamo-nos e depois sou imortalizada com ele e podemos ficar juntos para sempre", confessou Michele Kobke.

Os especialistas chamam a este tipo de amor de objectofilia, onde uma pessoa se sente atraída por um objeto inanimado. Essas pessoas podem sentir uma forte atração, amor e compromisso com certos objetos ou estruturas.

Boeing Michele Kobke questões sociais artes cultura e entretenimento relação objetofilia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)