Mulher condenada por esbofetear filho de 10 anos que não queria tomar banho

Mãe terá que ficar afastada do menor por seis meses e cumprir dois meses de trabalho comunitário.
15.03.19
Uma mulher foi condenada a dois meses de trabalho comunitário por esbofetear o filho de 10 anos quando este se recusou a tomar banho.

A mãe da criança estava acusada do uso indevido de violência e terá que ficar afastada do menor por seis meses. O caso aconteceu em Espanha e, segundo o El País, o tribunal considerou que a mãe excedeu os limites na sua reprimenda, violando a lei da "a integridade física e moral" das crianças.

A agressão aconteceu a 20 de maio de 2018 na casa de um familiar. Segundo a publicação avançada pelo jornal, a criança recusou-se a tomar banho e a mãe respondeu com "um par de bofetadas" que ficaram visivelmente marcadas nas bochechas da criança, na altura com 10 anos. O menino foi assistido, mas não necessitou de tratamentos médicos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!