Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Mulher de 85 anos processa empresa

Uma vendedora de cervejas de 85 anos, que trabalha no estádio de basebol do New York Mets, processou a empresa por tê-la substituído por uma mulher de 75 anos.
2 de Março de 2010 às 15:44
Mildred Block sente-se descriminada
Mildred Block sente-se descriminada FOTO: d.r.

Mildred Block sentiu-se discriminada ao ser encaminhada para um serviço do estádio com menos movimento e entrou em tribunal para voltar ao seu antigo posto de trabalho, acusando a entidade patronal de a discriminar devido à idade.

 

O juiz do Supremo Tribunal de Manhattan decidiu, na passada sexta-feira, e segundo o site 'G1', afastar a acusação de que a empresa Aramak era vítima por considerar que não houve qualquer descriminação, visto que Mildred foi substituída por uma mulher de 75 anos e continua a trabalhar para a empresa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)