Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Mulher diz-se obrigada a vender casa de sonho porque consegue ver o vizinho a tomar banho enquanto come

Propriedade de sonho tornou-se um pesadelo para Pauline Boyd.
Correio da Manhã 20 de Abril de 2021 às 10:24
Janela de mansão
Janela de mansão FOTO: Getty Images
Uma mulher de Stirling, na Escócia, alega que foi forçada a vender a sua casa de sonho porque consegue ver... o vizinho a tomar banho. Pauline Boyd garante que a sua propriedade de luxo se transformou num verdadeiro pesadelo com a construção de uma nova casa, da sua, que a deixou juntamente com o marido incomodados com a falta de privacidade. 

Pauline afirma que, enquanto jantam, se olharam pela janela, conseguem ver o vizinho a tomar banho o que os deixa constrangidos. "Quando cá chegamos, isto era bem rural e, embora tivéssemos vizinhos, eles não estavam diretamente nas nossas caras", descreve.

Em janeiro de 2019, o proprietário do terreno ao lado da sua casa decidiu vender parte do mesmo e a propriedade que está lá agora tem uma garagem que dá para onde comemos. Há ainda uma casa de banho na propriedade vizinha.

"Chegámos a um ponto em que os nossos níveis de stress são muito maus e afetam muito nossas vidas", começa por explicar. "Temos que manter as persianas fechadas, mas não queremos fazer isso".

Pauline afirma que terá de vender a casa porque isso impacta a sua vida, mas não o queria fazer porque investiu muito dinheiro na mesma.
Stirling Escócia Pauline Boyd questões sociais economia negócios e finanças turismo
Ver comentários