Sub-categorias

Notícia

Mãe entrega filho suspeito de matar mulher e enteadas

Sentimento de perigo leva mãe a tomar a decisão de entregar o suspeito de homicídio.
21.06.18

Uma mulher drogou o filho momentos antes de ligar para a polícia a denunciá-lo por homicídio, esta quarta-feira, em São Paulo, no Brasil.

Esta atitude justifica-se pelo facto da mulher se sentir em perigo, depois de saber que o filho era suspeito de matar a companheira e as duas enteadas com uma faca.

Assim, quando o filho, Magno Brandão, de 27 anos, chegou a casa, a mãe deu-lhe dois calmantes dentro de uma bebida, fazendo com que este adormecesse, chamando a polícia de seguida.

"Ele chegou de madrugada, eu dei-lhe um copo de sumo com dois calmantes e quando adormeceu, chamei a polícia" avançou a mulher, que não quis ser identificada, à imprensa brasileira. "Sinto-me aliviada com a prisão do meu filho (...) denunciei-o porque era o mais correto a fazer", avançou.

Em causa estão os homicídios da mulher de Magno, Thamiris de Souza Santos (de 30 anos) e as duas filhas dela, Nayara, de oito e Nicolly, de quatro. Os corpos das vítimas foram encontrados na madrugada de domingo, com ferimentos provocados por uma faca, na região do tórax e pescoço, no bairro Parque Continental.

No decorrer das investigações, o pai de Magno foi ouvido pela polícia, confirmando às autoridades que o filho é toxicodependente, e que esse poderá ser um dos motivos que explica a atitude dele.

O suspeito continua detido na prisão de Santos. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!