Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Mulher esfaqueia homem que a apalpou na rua

Ia em corrida matinal quando foi alvo de ataque sexual e resolveu vingar-se.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 16 de Novembro de 2017 às 17:27
Corrida
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Corrida
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Corrida
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Mulher ia em corrida num parque quando foi apalpada
Uma mulher norte-americana esteva em plena corrida matinal quando começou a ser seguida por um homem. Este acabou por a apanhar num parque em Salt Lake City, nos EUA, e começou a apalpá-la. A mulher, que costuma ter consigo uma faca de pequenas dimensões para se defender, respondeu imediatamente ao ataque sexual e esfaqueou o homem.

"Aparentemente a vítima costuma ir correr sempre com uma pequena faca escondida. Quando sentiu que estava a ser perseguida pegou nela e, quando o suspeito consumou o ataque sexual, esfaqueou-o várias vezes", confirmou o detetive da polícia local Greg Wilking.

O ataque ocorreu na semana passada mas só agora foram revelados os contornos do crime, uma vez que o suspeito conseguiu fugir apesar dos ferimentos. A polícia lançou um alerta a todos os hospitais da região, para que o homem com ferimentos de faca, com idade entre os 15 e 30 anos, com cerca de 1,80 metros de altura, que na altura do ataque vestia uma camisola cinzenta e tinha uma mochila. No entanto nenhum homem com estas características foi assistido nos hospitais locais.

As autoridades pedem agora a qualquer pessoa que tenha informações adicionais para identificar o suspeito, que contactem a polícia de Salt Lake City. "É um caso extremo mas, neste caso em particular, resultou a favor da vítima. Estava preparada e soube responder ao ataque", adianta o porta-voz da polícia, confirmando que a faca usada foi recolhida e analisada para se recolherem vestígios de ADN.
Greg Wilking Salt Lake City EUA ADN crime lei e justiça crime
Ver comentários