Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Expulsa marido para o sofá e este morre durante o sono

Mulher arrependida diz que a “vida é demasiado curta para se ir dormir chateado”.
Ana Ferreira Silvestre e Pedro Zagacho Gonçalves 11 de Julho de 2017 às 17:05
Mikey e os filhos, gémeos, Mikey e Lisa
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos
Mikey e os filhos, gémeos, Mikey e Lisa
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos
Mikey e os filhos, gémeos, Mikey e Lisa
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos
Mikey e Ashley estavam juntos há sete anos

Ashley Murrell, mulher de Mikey, de 36 anos, teve uma discussão com o marido e disse para este dormir no sofá. Nessa mesma noite, Mikey morreu durante o sono. O casal vivia em Wellington, na Nova Zelândia.  

Quando Mikey chegou a casa, depois de um longo dia de trabalho, Ashley teve uma enorme discussão com ele. Disse que estava a "enterrar-se no trabalho" e, nesse sentido, disse para o marido dormir no sofá.

Mikey estava a trabalhar mais de 15 horas por dia, sete dias por semana, porque estava a poupar, com o intuito de levar Ashley a viajar até Praga, no seu dia de aniversário. Queria fazer-lhe uma surpresa.

Agora, Ashley mostra-se muito arrependida e diz sentir-se "culpada". O casal tinha três filhos em comum e casaram em 2010. Adoptaram Morgan e, mais tarde, tiveram os gémeos Mikey e Lisa, em 2013.

"Perder o meu marido mudou a minha perspectiva sobre a vida (…) a vida é demasiado curta para ir dormir chateado", em depoimento a um jornal local. "Gaste cada momento que tem com a sua família", aconselha, lamentando o sucedido.

A autópsia relevou que Mikey morreu sufocado, durante o sono. A causa por trás disso ainda não foi revelada.            

Ashley Murrell Wellington Mikey Nova Zelândia Praga Morgan Lisa questões sociais família sofá morte sono
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)