Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Mulher aborta 17 vezes por recusar utilizar métodos contracetivos

Xiao Ju está em risco de não conseguir ser mãe no futuro. Caso aconteceu na China.
27 de Fevereiro de 2019 às 11:54
Bebé e mãe
A Mulher deu à luz filhos gémeos 26 dias depois de ter o primeiro parto
Bebé e mãe
A Mulher deu à luz filhos gémeos 26 dias depois de ter o primeiro parto
Bebé e mãe
A Mulher deu à luz filhos gémeos 26 dias depois de ter o primeiro parto
Uma mulher de 27 anos, Xiao Ju, abortou voluntariamente 17 vezes nos últimos seis anos por não querer ser mãe e está em risco de não conseguir ter filhos no futuro.

Segundo avança o jornal Daily Mail, os médicos já alertaram a mulher sobre o estado débil em que se encontram as paredes do útero, finas como folhas de papel.

De acordo com a mesma fonte, Xiao Ju tem uma relação com o companheiro há seis anos, sendo que o casal recusa-se a utilizar métodos contracetivos. Após o alerta dos médicos a mulher explicou que não se sente preparada para casar, sendo esse o motivo que a leva a abortar sempre que engravida. 

Na última vez que Xiao Ju se dirigiu ao hospital para interromper a gravidez, o médico conversou com a mulher, tentando convencê-la a ter o bebé porque esta poderia ser a última oportunidade de ser mãe.

Importa salientar que, na China, todas as crianças que nascem fora do casamento não têm direito a identidade, não podendo usufruir de benefícios de saúde ou educação. 
Xiao aborto questões sociais Daily Mail
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)