Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Mulher faz vida a 'mergulhar' no lixo e ganha mais de 2 mil euros por mês

Tiffany Butler, do Texas, EUA, inspirou-se num vídeo e começou a recuperar o lixo de lojas de centros comerciais.
Correio da Manhã 6 de Outubro de 2020 às 16:01
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo
Tiffany Butler ganha dinheiro ao vender produtos recolhidos do lixo

E se ganhasse dinheiro a vender coisas que encontra no lixo? Esta é a realidade para de Tiffany Butler.

Segundo o jornal The Sun, a mulher de 31 anos, residente em Dallas, no Texas, EUA, começou a recuperar o lixo de grandes lojas e marcas depois de ver um vídeo sobre a modalidade 'mergulho no lixo'.

Inspirada, a norte-americana decidiu arriscar e experimentar também. "Fui sozinha e fiquei com muito medo. Estava escuro e eu sentia que estava a cometer um crime, embora não seja ilegal no Texas", confessou. Na primeira vez, Tiffany encontrou uma caixa grande de cosméticos de maquilhagem descontinuada.

Este foi apenas o ponto de partida para começar a visitar outros caixotes semelhantes. "Percebi que os melhores lugares eram os shoppings. Apontei os dias em que as lixeiras eram esvaziadas e aqueles em que haveria mais produtos", revelou a mãe de dois, admitindo que evita lojas de alimentos.

Um ano depois do primeiro 'mergulho', Tiffany transformou o passatempo no seu trabalho de segunda a sexta-feira. Ao fim de dois anos, a norte-americana tem já algumas estratégias, passando até três horas por dia nos mergulhos.

A mulher, que começou apenas por acumular, começou a vender o que recuperava. Tiffany consegue garantir por mês cerca de 2.121 mil euros (2.500 dólares). Hoje em dia a mulher só recolhe aquilo com o qual poderá lucrar. 

"Não me importo, não paguei pelas coisas e é uma sensação boa, ajudar as pessoas a comprarem algumas pechinchas", admite a norte-americana, que reduz em 75% o valor dos produtos após um rápido "estudo de mercado" no Google.

Tiffany começou a gravar e a partilhar vídeos dos seus 'mergulhos' e conta agora com vários seguidores nas redes sociais. 

Ver esta publicação no Instagram

WWW.DUMPSTERDIVINGMAMA.COM

Uma publicação partilhada por Tiffany She'ree (@dumpsterdivingmama) a

Ver comentários