Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mulher ligada a máquina de oxigénio morre após corte de energia

Linda Daniels, de 68 anos, morreu em Nova Jérsia, nos Estados Unidos.
10 de Julho de 2018 às 14:00
Desiree Washington, de Newark, perdeu a mãe
Desiree Washington, de Newark, perdeu a mãe

Linda Daniels sofria de insuficiência cardíaca congestiva e dependia de uma máquina de  oxigénio para sobreviver. Acabou por morrer devido a um corte de energia na sua casa. Daniels estava atrasada no pagamento de uma conta de eletricidade, mas pagou 500 dólares (equivalente a 427,40 euros) dois dias antes de sua morte.

Linda estava em sua casa, na companhia da família quando o tanque de oxigénio e o ar condicionado pararam de funcionar. A mulher morreu às 4h23 da tarde de insuficiência cardíaca. Segundo a família, a empresa desligou o aparelho devido a uma conta em atraso.

A filha Desiree Washington, disse que vários membros da família contataram a empresa durante o dia, implorando que ligassem a energia de volta. "Entramos em pânico. Eles desligaram a energia logo no dia mais quente de verão."

"Ela estava a tentar recuperar o fôlego, estava ofegante por ar" – disse a sua neta Mia de 28 anos. "Ela sofreu e morreu a nossa frente."

Jim Namiotka, o porta-voz da empresa, disse que a família não notificou a empresa sobre as questões médicas, até ao momento em que o serviço foi desconectado. E informou em comunicado que o serviço à casa de Daniels foi desconectado "devido à falta de pagamento durante vários meses"

Segundo a filha, a energia apenas voltou sexta-feira de manhã, cerca de 16 horas depois da morte de Linda Daniels.

Linda Daniels Washington Jim Namiotka autoridades locais morre energia conta máquina oxigénio desligada
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)