Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mulher quase mata namorado ao sentar-se em cima da cara dele durante sexo oral

Caso insólito aconteceu em dezembro do ano passado no Condado de Boone, Missouri, nos EUA.
Correio da Manhã 18 de Outubro de 2019 às 11:14
Sexo
sexo xxx
Abusos
Sexo
sexo xxx
Abusos
Sexo
sexo xxx
Abusos

Uma mulher admitiu que quase matou o namorado por asfixia depois de o ter forçado a fazer sexo oral sentada em cima da cara dele. O caso insólito aconteceu em dezembro do ano passado no Condado de Boone, Missouri, nos EUA.

De acordo com o jornal Metro, Amy Nicola Parrino, de 44 anos, atirou o namorado para o chão e sentou-se em cima dele. Depois de o fazer, o homem ficou sem conseguir respirar.

A mesma publicação dá conta de que este não foi caso único. No dia anterior ao do sucedido, a mulher terá andado nua pela casa do casal a correr atrás do homem. Amy terá ainda batido no namorado com um cinto e usou a própria força desferindo-lhe socos.

O homem terá dito que se estava a sentir mal e que estava com dores no estômago. Disse à namorada para parar e para o "deixar em paz", mas teve de recorrer às autoridades, a quem revelou ser vítima de violência doméstica.

"Ela fica violenta muito depressa", contou o homem à polícia, afirmando que temia pela sua segurança.

A mulher foi levada pelas autoridades. Ficou detida e foi condenada a prisão perpétua.

Condado de Boone Amy Nicola Parrino Missouri EUA crime lei e justiça questões sociais polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)