Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mulher que se julgava estar morta volta a mexer-se antes de ir para a morgue

Polícia não verificou os sinais vitais da vítima e preparava-se para transportar o corpo. Caso aconteceu na Colômbia.
14 de Março de 2019 às 18:00
Polícia julgou que Carmen Andrea Mendez estava morta até ela voltar a mexer-se
Carmen Andrea Mendez foi alvejada numa perna e uma bala rapou-lhe o peito
Polícia
Polícia julgou que Carmen Andrea Mendez estava morta até ela voltar a mexer-se
Carmen Andrea Mendez foi alvejada numa perna e uma bala rapou-lhe o peito
Polícia
Polícia julgou que Carmen Andrea Mendez estava morta até ela voltar a mexer-se
Carmen Andrea Mendez foi alvejada numa perna e uma bala rapou-lhe o peito
Polícia
Uma mulher de 33 anos, Carmen Andrea Mendez, esteve inconsciente durante uma hora após ter sido alvejada numa rua em Cali, na Colômbia. As autoridades julgavam que a mulher estava morta, mas acabaram por descobrir que ainda estava viva.

Segundo avança o jornal Mirror, após o crime, a polícia forense encontrava-se no local para recolher provas. No momento em que se preparavam para transportar a mulher para a morgue, a vítima voltou a mexer uma mão. O sucedido ficou filmado por um curioso, que se encontrava perto do local a observar o trabalho dos profissionais forenses.

De acordo com a imprensa britânica, a mulher foi baleada numa perna e uma das balas que a atingiu feriu-a de raspão no peito. 

Em declarações, o secretário de Estado da Saúde, Nelson Sinisterra, revelou que a polícia desde logo partiu do princípio que a vítima estaria morta, sem sequer verificar os sinais vitais da mulher.

Carmen Andrea Mendez acabou por ser levada para o hospital, onde se encontra em estado considerado estável. 

As autoridades continuam a investigar os contornos do caso.




Carmen Andrea Mendez Cali Colombia crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)