Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Mulher raptada aparece com mensagem gravada no corpo

Polícia continua a investigar a autoria do crime.
2 de Dezembro de 2016 às 13:40
Sherri Papini, Califórnia, Tom Bosenko, The Sun, questões sociais, rapto, polícia
Sherri Papini, Califórnia, Tom Bosenko, The Sun, questões sociais, rapto, polícia FOTO: Facebook
Após três semanas em cativeiro, Sherri Papini foi encontrada com vida mas com uma mensagem dos raptores gravada na pele.

A mulher, natural da Califórnia e mãe de duas crianças, desapareceu durante uma corrida matinal em Redding, no norte da California, e apareceu à beira de uma estrada, no condado de Yolo, a 240 quilómetros de onde tinha sido vista pela última vez. Esteve desaparecida durante 22 dias e foi encontrada na manha do Dia de Ação de Graças.

As autoridades não conseguiram ainda perceber quem a raptou nem os motivos que levaram a fazê-lo. A mensagem cravada no corpo da mulher ainda não foi revelada.

"Penso que foi uma forma de assumirem o seu poder e controlo ou de transmitir alguma mensagem associada a um grupo. Não é um simbolo, mas uma mensagem", disse o Xerife Tom Bosenko.

O The Sun revela que a polícia à procura de duas mulheres de nacionalidade hispânica que foram vistas numa carrinha escura, armadas e Sherri garante que são as autoras do sequestro.

Acredita-se que o rapto terá sido motivado por um comentário racista, escrito por Sherri num blog. As autoridades continuam a investigar o caso.
Sherri Papini Califórnia Tom Bosenko The Sun questões sociais rapto polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)