Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mulher de refém sul-africano está "devastada"

Professor foi este sábado morto no Iémen pela Al-Qaida.
6 de Dezembro de 2014 às 20:06
Pierre Korkie havia sido sequestrado por militantes da Al-Qaida no Iémen há mais de um ano
Pierre Korkie havia sido sequestrado por militantes da Al-Qaida no Iémen há mais de um ano FOTO: Getty Images

A mulher de Pierre Korkie, o professor sul-africano que foi este sábado morto no Iémen pela Al-Qaida na sequência de uma frustrada operação militar dos EUA lançada para salvar um refém norte-americano, está devastada, segundo uma organização não-governamental (ONG). 


"A devastação psicológica e emocional para [a sua mulher] Yolande e sua família é agravada pelo conhecimento de que Pierre [Korkie] ia ser libertado pela Al-Qaida amanhã [domingo]", salientou a ONG Gift of the Givers, citada pela agência de notícias francesa AFP.


Pierre Korkie havia sido sequestrado por militantes da Al-Qaida no Iémen há mais de um ano e a sua libertação tinha sido negociada entre a organização terrorista e a ONG.



mulher refém pierre korkie iémen al-qaida
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)