Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Multimilionário mata-se por desconfiar de traição da mulher

Empresário enforcou-se numa mansão alugada de propósito para o efeito. Disse aos filhos o que ia fazer por mensagem.
Pedro Zagacho Gonçalves 29 de Julho de 2017 às 19:10
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos
Phil Smith tinha 52 anos. Deixa a mulher viúva e seis filhos

O multimilionários inglês Phil Smith tinha saído da mansão em que vivia com a mulher e os filhos há poucos dias quando decidiu por termo à vida. O homem, de 52 anos, desconfiava que a mulher o andava a trair com outro homem e, os ciúmes e as discussões constantes, levaram-no a ir passar um fim de semana em casa de amigos. Dias depois foi encontrado enforcado numa luxuosa casa de férias que alugou de propósito para o efeito.

Phil Smith tinha seguido a mulher e tinha-a alegadamente visto a encontrar-se com outro homem. A mulher negou veementemente que mantivesse uma relação com outro homem que não o marido mas Phil não acreditou.

Confessou à filha mais nova que tinha visto a mãe com outro homem e e chorou, dias antes de cometer suicídio. Phil Smith era diretor da empresa informática Orbis Software e detinha uma enorme fortuna. Recentemente, tinha construído uma mansão avaliada em cerca de dois milhões de euros, onde viva com a mulher e os seis filhos.

No fatídico dia, alugou uma luxuosa casa em Dorset, onde habitualmente ia passar férias com a família. Na noite anterior tinha ido jantar com amigos e tinha-se mostrado "feliz". Antes de se enforcar, o multimilionário enviou várias mensagens aos filhos a dspedir-se, a explicar o que ia fazer e que não queria que a sua morte influenciasse o futuro das crianças.

Os filhos de Phil avisaram a mãe, Violetta, que contactou as autoridades. A polícia conseguiu localizar o carro do empresário junto à casa, mas Phil estava morto já há algumas horas.

Os amigos e a família estão em e adiantam que nada fazia prever o desfecho trágico. Já tínhamos falado sobre o divórcio, mas chegámos os dois a acordo que íamos conseguir resolver os nossos problemas. Não imaginava que algo assim pudesse acontecer", relata a viúva.

Orbis Software Dorset Violetta empresário questões sociais crime lei e justiça família
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)