Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Museu polaco censura vídeo de jovem a comer banana e gera movimento de protesto

Manifestantes reclamam da censura e fotografam-se com a fruta.
29 de Abril de 2019 às 17:40
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Imagens da artista Natalia LL censuradas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas
Manifestantes com bananas

Vários manifestantes polacos estão a partilhar fotografias suas onde se mostram a comer bananas em sinal de protesto após um trabalho artístico de uma mulher a comer banana ter sido censurado no Museu Nacional de Varsóvia. 

O vídeo de 1973, de Natalia LL, mostra uma jovem nua a comer uma banana. As autoridades justificaram a medida por considerar as imagens "obscenas" e potencialmente "perigosas" para crianças pequenas, citando queixas dos próprios pais. 

No entanto, a justificação das autoridades não convenceu. Os manifestantes ridicularizaram a censura e geraram um movimento onde mostram no Facebook e Twitter várias imagens suas com bananas.

Um manifestante com a hashtag #bananaselfie disse: "A arte é o lar de várias mensagens e símbolos. Nem todo mundo tem que aplaudir, mas deve ser respeitado", escreveu. 

O diretor Jerzy Miziolek foi chamado ao Ministério da Cultura e justificou a um jornal local: "Nós tivemos uma série de reclamações. Muitas pessoas têm escrito e-mails para nós, e a galeria é visitada por grupos de jovens de 13, 12 anos ou menos". 

Jerzy afirma ainda que a mãe de um aluno da escola primária tinha escrito ao museu para reclamar do "trauma" do filho ao ver as imagens.

O trabalho, intitulado Arte do Consumidor, mostra modelos "deliciados com bananas, salsichas ou gelados".

De acordo com o Museu de Arte Moderna de Varsóvia, a "atividade aparentemente inocente adquire uma vantagem fortemente erótica" no vídeo.

O ministério da cultura negou exercer pressão política sobre o museu para remover as imagens de vídeo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)