Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Namorados queimados vivos em via pública

Um casal de namorados foi queimado vivo em plena via pública numa praça da zona Leste da cidade de São Paulo, por um ex-cunhado de uma das vítimas, o qual já foi detido. A polícia não divulgou muitos dados sobre o bárbaro crime, ocorrido na madrugada de domingo no Jardim Califórnia, região da Vila Prudente.
17 de Maio de 2005 às 00:00
Este é o local onde aconteceu o bárbaro crime
Este é o local onde aconteceu o bárbaro crime FOTO: D.R.
Caroline Bonomi, uma secretária de 23 anos, e o seu namorado, Rafael Tiago Sartori, de 22, conversavam numa pracinha, quando foram surpreendidos pelo assassino que, por ser parente, não terá levantado temor ao casal. Devido ao adiantado da hora, não houve testemunhas, a vizinhança só se apercebeu da tragédia quando as chamas já consumiam os corpos dos dois jovens.
Pelo pouco que se sabe, o assassino, que poderá não ter agido sozinho, amarrou Caroline e Rafael e despejou sobre eles uma grande quantidade de gasolina, a que ateou fogo, com os namorados vivos e conscientes. Os gritos das vítimas alertaram os moradores, mas as chamas foram mais rápidas que qualquer tentativa de socorro.
SUCUMBEM ÀS QUEIMADURAS
Transportados ao Hospital do Tatuapé, também na zona Leste, Caroline, com 100% do corpo queimados, morreu mal deu entrada. Rafael, com queimaduras em 97% do corpo, morreu ontem a meio da manhã.
Não foram divulgados os possíveis motivos dos crimes, mas a polícia questionou o detido e investiga a possibilidade de terem sido encomendados por vingança de alguém anteriormente abandonado por Rafael ao conhecer Caroline.
Ver comentários